Desejando, sempre, honrar ao Senhor…

Morris Cerullo – Sete passos para a vitória pessoal

Passo 7 – Louve… Louve ao Senhor pela vitória

“E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis; E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre. E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados”. II Cro. 20:20-22

O final que daremos é o mais poderoso, é o Louvor ao Senhor… Muitas vezes caímos na tentação quando chegamos aqui, de pensar que não precisamos dos demais passos, basta louvar, contudo isto é um atalho espiritual, que nos leva a ter falsas verdades, como louvaremos a quem não conhecemos? Como louvaremos as promessas que não sabemos? Como louvaremos á um Deus que não cremos ser atuante em nossas vidas? Como louvaremos se nós controlamos nossas vidas… Como louvaremos??

Começar apenas louvando, não trará mudanças na nossa vida, será simplesmente um louvor que não tem som, e nem razão, precisamos dos demais passos, pra louvar a Deus.

Quando Jeosafá teve sua primeira postura, deu seu primeiro passo, ali ele começava a levar sua alma a louvar ao Senhor. Não podemos ser levados pelas vozes ou circunstancias, o rei Jeosafá foi o primeiro a tomar uma postura de louvor, uma postura diante do Senhor, e nós precisamos fazer o mesmo, precisamos ser os primeiros a entrar na presença do Senhor.

O louvor, não vem pela manifestação antecipada de Deus, o Louvor vem no momento em que Deus ainda não moveu, vem no lugar da reclamação, da falta de fé, da falta de esperança, da falta de confiança, o Louvor antecede o mover de Deus nas nossas vidas, ele abre espaço para o mover de Deus em nós.

A Palavra de Deus muitas vezes nos desafia diante das circunstancias, veja que Ele disse para que seguissem em frente, e enfrentassem o inimigo, e ainda permanecessem calmos, e visse a salvação de Deus… precisamos ter como base de nossa fé, de louvor, a Palavra que Deus nos dá, pode muitas vezes ser difícil, e ou até mesmo absurdo, mas é Ele quem trará as vitórias para nossa vida, Deus quer nos ensinar que somente louvaremos quando conseguirmos confiar de verdade que Ele cumprirá sua Palavra.

Neemias 8:10 A Alegria do Senhor é a nossa força!

Precisamos sair do arraial, de dentro de nós mesmos, dos problemas, alegres, sabendo que o Senhor é por nós, que é Ele quem guerreia as nossas guerras, não precisamos estar apreensivos, veja a palavra de Deus, vá e vede a salvação. Precisamos descer sabendo quem Deus é, e que Ele cumpre sua palavra, tire de sua vida todo peso, pois o Senhor já venceu suas batalhas.

Jeosafá não escolheu os que melhor guerreavam, e sim aqueles que sabiam louvar, aqueles que tinham força interior para crer.

Quando estamos louvando ao Senhor, de fato, os inimigos, os problemas não ficam de pé, pois nós conquistamos e avançamos na força que há na verdadeira adoração ao Senhor.

Jeosafá não sabia o que Deus faria, como derrotaria o inimigo, mas ficou na posição de batalha, encarou o inimigo sabendo que o Senhor faria uma grande vitória acontecer.

Quando nos colocarmos cara a cara com os nossos problemas, precisaremos ter uma única coisa, a Palavra de Deus, ela é a única que nos faz permanecer de pé e nos faz vencer, lembre-se de que não há poder maior no mundo do que o Poder da Palavra de Deus.

Por ela céus e terra foram feitos, por ela tudo que vemos existe, e continua a existir… e por Ela somos mais do que vencedores.

FÉ É UM FATO, MAS TAMBÉM É UM ATO!


Sexto passo – Tenha fé no Senhor e nos seus servos Texto: II Crônicas: 20:20

O livramento de Deus nas nossas vidas depende de uma atitude de fé baseada na palavra que Ele nos deu.

Jeosafá poderia ter feito a maior oração do mundo, poderia ter se humilhado, poderia ter dado ouvidos a voz do profeta, mas se ele tivesse parado por ai, Judá seria destruída.

Jeosafá poderia ter crido no Senhor, contudo se recusado a obedecer-lhe. Deus tem bênçãos, vitórias para liberar sobre as nossas vidas, mas Ele escolheu fazer através das nossas vidas.

A batalha não é nossa, contudo devermos permanecer firmes diante da presença Dele para sermos instrumentos em suas mãos, de tal forma que podemos ver a salvação de Deus para as nossas vidas. (II Cr. 20:17)

Jeosafá convenceu o povo a segui-lo a crer no que Ele estava crendo, precisamos na nossa vida além de crer agir, precisamos sujeitar a Palavra de Deus a nossa vontade e nossa maneira de fazer.

Jeosafá precisava agir, sair do conforto de Jerusalém e ir confrontar o inimigo face a face, se esperasse até que o inimigo alcançasse os portões da cidade então seria tarde de mais, precisamos agir sob a direção da palavra de Deus, o Senhor jamais nos manda recuar mas Ele nos dá a chave da vitória diante de nossos inimigos.

Precisamos encarar os nossos problemas e não permitir que eles sobrevenham sobre nossas vidas, pois é melhor estar no ataque do que na defensiva, isto no âmbito espiritual e não carnal, temos visto que nossa arma não é contra pessoas, e sim contra principados e potestades, e que nossa batalha não é nossa, mas de Deus, e que Ele age através de nós, então precisamos estar debaixo da Palavra de Deus.

No momento em que os problemas nos mostram suas faces, tentam nos afrontar, é o momento que precisamos estar sob a direção de Deus, e permanecermos firmes diante dos problemas sabendo que o Senhor será nosso guia.

Não podemos cair na ilusão de que os problemas resolverão por si mesmos, de que o tempo resolverá todas as coisas, não podemos nos esconder ou fugir, precisamos permanecer firmes diante da presença de Deus.

Quando nós estamos firmes diante da presença do Senhor, o Senhor nos possibilita uma visão ampla do que Ele pode fazer em nossas vidas através de nós.

O Senhor não nos disse vai e deixa tudo comigo, Ele disse espere e veja a salvação de Deus. Toda benção que chega a nós pelas mãos de Deus, vêm por meio da fé, pela fé que somos salvos. Efésios 2:8

Precisamos mais do que ter fé que Deus vai fazer, precisamos fazer com que esta fé seja um ato, em nossas vidas, precisamos fazer das palavras de Deus, palavras que nos fazem mover diante de nosso inimigo, das circunstancias, dos problemas…

Nossa fé não deve estar baseada no que se move. Nas circunstancias… ele deve estar no Senhor que não se move em meio a nossos problemas, que não tem fim e nem se abala com nada.

A Palavra de Deus é infalível, poderosa jamais nos deixará na mão, jamais falhará, a quando cumprimos a Palavra de Deus, quando temos fé na Palavra de Deus seremos mais do que vencedores, precisamos confiar nesta palavra e agir sobre esta palavra, não podemos apenas confiar temos que agir e assim venceremos.

Deus não tem para nós uma vida de derrotas pelo contrário Deus tem para nós uma vida de vitórias e o segredo está em confiarmos e agirmos em obediência a Palavra de Deus.

O sexto passo somente poderá ser dado, quando nós ousarmos confiar na Palavra do Senhor e agirmos sobre elas, precisamos confiar, no que o s servos do Senhor tem a nos dizer, no o Senhor tem a nos dizer…


Quinto Passo – Confie no Senhor a batalha não é sua e sim de Deus Texto: II Crônicas 20:14-15

No quinto passo começamos a receber a resposta de Deus para nossas vidas, a mensagem de Deus vinda mediante o profeta foi: Eu Ouvi Sua Oração. Assim como o Senhor liberou uma resposta as orações de Jeosafá, precisamos entender em nosso Espírito que o Senhor tem uma resposta para nossas orações.

Quando nos humilhamos diante da presença de Deus a resposta Dele nos alcança. E a resposta de Deus se apresenta de uma forma clara e com poder de realizar milagres em nossas vidas…

A resposta de Deus a Jeosafá foi clara: Jeosafá não se preocupe com esta multidão, e esta batalha, esta batalha não é sua e sim minha…

Jeosafá confiou no Senhor, quando confiamos que Ele é o Deus de nossas vidas, e entregamos nosso caminho em Suas mãos, então Ele guerreará nossas guerras.

A primeira coisa que Deus faz quando envia sua resposta é:

· Tirar o medo

O medo diante da resposta de Deus não consegue permanecer em nossas vidas, pois ela nos respalda com sua verdade e poder.

Muitas vezes encaramos esta força de forma errada, quando olhamos para Deus e percebemos que Ele fará muitas vezes perdemos a noção da realidade, pensamos que se ele vai fazer então não nos resta nada mais a fazer, o jeito é não fazer nada, e isto está errado.

Agora que o Senhor vai encarar o nosso inimigo, os problemas… precisamos ouvir o que Ele quer que façamos, não está no tempo de ficarmos quietos, sentados…

Vejamos os versículos 16-17, o Senhor os manda descer contra os inimigos… o Senhor está nos ensinando que teremos que ficar cara a cara com nossos inimigos, problemas se quisermos vencê-los em nome de Jesus, não o venceremos na nossa força será o Senhor, mas precisamos estar a postos como soldado de Cristo.

Ou seja, precisamos encarar, e não fugir de nossos problemas e necessidades, muitas vezes achamos que confiar é não encarar, é não fazer nada, mas o Senhor está nos dizendo que nossas batalhas não são com armas carnais e sim espirituais então há muito o que fazer.

PRECISAMOS NOS MOVER NO REINO DO ESPÍRITO QUANDO DEUS NOS DÁ UMA RESPOSTA.

Muitas vezes não contemplamos o final, por causa disto, o Senhor fala e nos acomodamos… o jeito de Deus nos dar a salvação é nos colocando frente ao nosso inimigo, o Salmista Davi já havia falado, Salmos 23, “ Poe uma mesa Diante dos meus inimigos…”

O Senhor sempre nos mostra com clareza seus livramentos, para que não haja duvidas que foi Ele quem fez em nossas vidas, por isto todos vem por um clamor, para que não pensemos que fizemos nós mesmos.

Deus jamais compartilhará sua gloria com ninguém…Ele quer que saibamos em nossos corações de onde vem a libertação, a salvação, a cura!

Quando cuidamos de nós mesmos, somos levado a culpar as circunstancias pelo que elas representam, são as contas, são as palavras, as pessoas, o marido a mulher, a família…, mas quando nos humilhamos conhecemos de fato a causa de nossos problemas, satanás e podemos destrui-lo.

NO versículo 16 o Senhor traça uma clara visão da localização do inimigo, não nos deixará enganados…

Não saberemos enfrentar nossas vidas, e problemas até que tenhamos uma idéia clara do que estamos de fato enfrentando. Precisamos então enfrentá-lo com o direcionamento do Espírito, para que possamos vencer.

Há algo que é de extrema importância que estejamos apercebidos, quando o Senhor nos mostra com clareza, muitas vezes somos tentados a fazer da nossa forma, nossa própria batalha, e isto nos trava.

Por isto que quando Deus nos manda uma resposta precisamos estar com nossos corações abertos para fazer, mesmo que isto faça com que você quebre tudo que há na compreensão humana.

Precisamos manter nossa esperança e confiança no Senhor, Ele quem nos dará o caminho e a vitória…


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 61 outros seguidores