Desejando, sempre, honrar ao Senhor…

Este texto foi escrito em Junho de 2005…

O Deus a quem eu sirvo com certeza me ama, mas eu não O amo, não sei como amá-Lo, mas desejo amá-Lo. Ele me conhece, conhece meu coração, sabe o motivo da minha existencia.
O Deus a quem eu sirvo tem poder ilimitado, pode percorrer o tempo como quem folheia um livro, pode mudar a história de qualquer pessoa ou toda a história, se esta for a vontade Dele, porém, permite que eu tenha livre-arbítrio e fazer a minha própria história.
O Deus a quem eu sirvo é bom o suficiente para me corrigir a todo tempo, como um pai, mas é justo também para me corrigir quando cometo erros por não prestar atenção aos seus ensinamentos.
O Deus a quem eu sirvo sabe de tudo que eu preciso para ser feliz, por isso não permite que eu possua tudo o que desejo.
O meu Deus pode todas as coisas mas me ama o suficiente para permitir que alguém tão pecador como eu, ainda assim, faça a obra Dele.
 
              Sérgio Inojoza

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s