Desejando, sempre, honrar ao Senhor…

Deus nos dá motivos para sermos otimistas

“Bendito seja o Senhor, Deus, Salvador, que cada dia suporta as nossas cargas”.

Salmos 68.19

 

 

1 – Senhor, Deus, Nosso Salvador.

1.1 – O nome de Deus, usado no hebraico (Elohim) é o mesmo usado em Gênesis 1.1. Este nome significa que Deus é o único Deus, criador e governante de todas as coisas.

 

         1.2 – Aquele que conhece e confia em Deus lembra que Ele controla todas as coisas, inclusive as nossas circunstâncias.

Se Ele controla todas as coisas, também controla as circunstâncias que nos cercam. Tais circunstâncias não podem alcançá-lo. Ele é quem decide o que vai acontecer. Se estivermos escondidos n’Ele as circunstâncias também não podem nos alcançar. O cristão não deve viver pelas circunstâncias. Aquele que conhece e confia em Deus lembra que Ele controla todas as coisas, inclusive as nossas circunstâncias. Sua vida, como diz o texto, tem suporte todos os dias daquele que controla tudo à nossa volta. Nossas necessidades serão supridas por Ele. As necessidades reais serão supridas, para que não haja “desperdícios”. Teremos o suficiente para aquilo que precisamos.

        

1.3 – Confiar acima das circunstâncias

Todo o tempo repetimos: “nunca vi o justo ser desamparado nem sua descendência mendigar o pão”, ou então: “o justo viverá pela fé”. Mas, fé em quem? Quem poderá suprir as necessidades? Quem controla todas as circunstâncias? Porém, no momento em que precisamos andar pela fé, confiar em Deus, nos esquecemos de suas Palavras, do que tantas vezes repetimos e até mesmo acreditamos e nos deixamos levar pelas circunstâncias.

         Aquele que vive protegido, escondido em Deus, não vive nas circunstâncias. Ele até pode ir para a batalha, mas seu descanso é em Deus.

        

Se este Deus, que nos salva e que a cada dia suporta as nossas cargas controla todas as coisas, o que eu poderia fazer para Ele? Como posso retribuir tudo isso?

 

 Louvor

         A única coisa que o Senhor nos pede para fazer é louvar o seu Nome e obedecer-lhe. Esta é a única retribuição que podemos fazer por tudo o que Ele nos faz a cada dia. A necessidade de ser grato e louvar ao Senhor tem início no momento em que passamos a ter consciência de que somos pecadores e aceitamos o sacrifício de Jesus na cruz. Louvar não é apenas cantar, levantar os braços ou fechar os olhos.

Louvar é sentir-se grato todo o tempo. Sempre lembrando e agradecendo o que Ele faz a cada dia. Na nossa vida, o louvor deve ser primícia nas nossas vidas e nas igrejas. Deve ser a sempre o primeiro sentimento a ser entregue. Deve ser sempre entregue da melhor forma. Deus ama ao que dá com alegria.  

Nossa gratidão não deve ser somente pelas coisas que podemos sentir ou tocar, mas também por sua Palavra em nossa vida. Pare para pensar o que você estaria fazendo neste momento se Deus não tivesse revelado Seu amor a você pela Sua Palavra. Que tipo de esperança nós teríamos hoje se o Senhor não houvesse se revelado da forma como faz através da Bíblia?

 

Devemos nos lembrar que este Deus é real e que deseja que sejamos conhecidos como povo que se chama Povo de Deus. Isto significa que Deus se apresenta nas nossas vidas, mudando as circunstâncias, fazendo a vontade d’Ele, pois Ele governa todas as coisas.

 

“no mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo, pois eu venci o mundo”.

 

Na esperança, na gratidão por suas vidas, baseado em Cristo Jesus em nossas vidas…

                  Sem. Sérgio Inojoza

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s