Desejando, sempre, honrar ao Senhor…

Quarto Passo – Humilhe-se diante da presença de Deus e reconheça sua insuficiência.

Texto: II Crônicas 20:12

Nos três primeiros passos estabelecemos alicerces.

1º Reconhecemos para quem estamos clamando.

2º Reconhecemos que Este Deus tem poder e força para fazer tudo o que pensamos e mais, o que para nós ainda não existiu, nada é capaz de prevalecer sobre Ele.

3º Temos a segurança da Sua Palavra em nossas vidas.

Antes de seguirmos nosso passo, coloque em pratica agora os passos anteriores, tenha uma oração de comunicação com seu Deus, Ao invés de chegar pedindo apenas siga os passos, com certeza sentirá que uma confiança começa a nascer, quando reconhecemos o poderio de Deus em nossas vidas, quem Ele é, que nada pode resistir ao seu poder e amor, que Ele pode atuar em nossas vidas, quando nos lembrando de Sua Palavra e a temos como fundamento, poderemos então dar o nosso próximo passo que é algo que fazemos, é uma atitude nossa diante de Deus.

Neste quarto passo, precisamos reconhecer que não há como agirmos por nós mesmo, precisamos reconhecer nossa incapacidade.

Jeosafá era um homem poderoso, muitos reis preferiram lançar mão da vida da nação do que reconhecer que não eram suficientes para vencer a batalha, muitas vezes nós abrimos mão da vitória por que não abrimos Mao de nosso ego diante de Deus.

Se em nós houver a certeza que o temos suficiência quanto as nossas vidas, e batalhas o Senhor vai nos deixar livres pra que lutemos com nossas próprias forças.

Jeosafá reconheceu sua insuficiência diante da circunstancia, sabia que não poderia ter vitória sem a presença de Deus em sua vida, Jeosafá se lembrou das palavras de Deus á Salomão, em II Crônicas 7:14.

14

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.”

Jeosafá era assim como nós um homem, que muitas vezes olha pra si, mas ele quando olhou pra si resistiu pensar que poderia fazer algo por sim, compreendeu que Deus somente poderia agir se ele reconhecesse que não poderia acontecer nada por ele.

Se você deseja que Deus haja em sua vida, será preciso que você saia do trono, se nós continuarmos governando nossas vidas, Deus jamais poderá nos abençoar. Jeosafá quando se colocou diante do povo em pé e apregoou jejum e oração, ele estava entregando a Deus o governo do povo e da situação.

Jeosafá se firmou na Palavra de Deus e no poder que há nesta palavra, não deu ouvidos as circunstancias e nem para as palavras e até mesmo para si, deu ouvidos para o que Deus já havia falado, e percebeu que precisava então se humilhar diante do Senhor.

Quando pedimos a Deus uma direção, mas continuamos com as rédeas nas mãos, somos como o pai que apresenta a criança uma escolha, se a criança faz a coisa certa o pai apóia, mas se não, o pai traz muitas regras para que ela cumpra. Na verdade a criança não teve escolha.

Muitas vezes pedimos a Deus que tome o controle de nossas vidas, e quando Ele faz o que nos agrada então estamos satisfeitos, mas quando Ele age diferente do que desejamos então nos rebelamos, isto é o mesmo de não darmos as rédeas pra Ele, dar o governo de nossas vidas pra Deus é mais do que deixar Ele fazer, é confiar em Seu método. Na sua maneira de fazer.

Precisamos fazer uma escolha quando entramos diante da presença de Deus, precisamos fazer uma escolha quanto ao que realmente queremos, se queremos a nossa vontade e nossas forças, ou se queremos.

Nosso poder espiritual reside exclusivamente em estarmos confiantes, na presença do Senhor, até que façamos isto não teremos conseguido dar os três primeiros passos diante do Senhor, assim que confiarmos em Deus, precisamos nos humilhar diante da presença do Senhor.

Enquanto tivermos em nossas mentes outros caminhos, Deus jamais nos fará viver milagres, não podemos ter cartas na manga com Deus, ou cremos e nos lançamos, ou não vivemos.

Precisamos morrer pra nós mesmo, veja o que João disse em João 12:24, sobre que a semente pra nascer precisa morrer…

Muitas vezes assim como está descrito na Palavra de Deus que aconteceu com muitos, somente quando chegamos em um limite máximo, que damos espaço para que o Senhor tome seu lugar em nossas vidas. Contudo a humilhação não precisa ser assim não precisamos estar no fim de nossos recursos para reconhecermos que Deus faz, se reconhecermos que Deus é quem faz, então Ele assim fará.

Precisamos nos humilhar perante o Senhor e isto significa, que precisamos morrer para nosso eu nos humilharmos não é olharmos pra nós como um lixo, sim deixar que o Senhor tome o controle de nossas vidas, é deixarmos as rédeas, é entrarmos na presença de Deus, desarmados, sem carta na manga, é entrarmos na presença de Deus sabendo que Ele nos ouvirá, sabendo que Deus é capaz de realizar.

4 Respostas

  1. Anônimo

    Humildade faz parte da nossa vida,é bastante importante

    02/08/2014 às 2:20

  2. Isaque jamissone

    Sem humildade é impossivel agradar a Deus.

    02/08/2014 às 2:22

  3. Isaque jamissone

    Realmente todo dia enfrentamos batalhas espirituais,e nalgum momento somos derotado.E nessa vertente que temos que nos humilhar diante de Deus.Deus nos abençoe.

    02/08/2014 às 2:27

  4. victorbazzano@bol.com.br

    muito bom ensinamento…; DEUS abençoe está obra….

    26/10/2016 às 7:43

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s